Numa recente comunicado de imprensa, a nvidia revelou a sua próxima plataforma, afirmando dirigir-se para o mercado dos Drones!

De maneira a não ficar limitado apenas a voar com controlo remoto (embora seja possível executar ordens sem controlo remoto directo), eis que surge um dispositivo com uma elevada potência de processamento, graças ao seu processador quadcore ARM A54 de 64 bits, assim como o poderoso processador gráfico com 256 cores, com 1 teraflop, baseado na arquitectura Maxwell, a mesma que equipa por exemplo a GTX980. A Nvidia já tem em pré-encomenda uma placa de desenvolvimento, com um custo de 599$, ou um módulo que pode ser adquirido por 299$ para quantidades acima de 1000.

Esta enorme capacidade de processamento com um baixo consumo energético, permite assim ter uma plataforma que possa ser utilizada como companion computer, capaz de detectar e classificar obstáculos com um relativo baixo custo!

Embora já existam alternativas, tal como a Raspberry Pi 2 cujo processador gráfico não suporta totalmente a norma OpenCL, ou a Odroid XU4, cujo suporte para OpenCl não é o melhor...

A Nvidia não só disponibiliza o hardware, mas também o software, criando assim um ecossistema maduro, garantindo já o suporte ao Ubuntu 14.04 LTS. 

A DJI já possui um produto, o Manifold, que utiliza o SoC anterior o Tegra K1, capaz de 326 gigaflops, com um consumo máximo de 15W com um custo de €549...